terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Sala de aula - um espaço para aprender a ser

Caros amigos

A convivência na sala de aula traz maravilhosos desafios e aprendizados. 
Alunos e professores trocam experiências que promovem novas formas de pensar, interagir e e estar no mundo. Quando o exercício da autonomia e da autoconfiança são trabalhados em sala de aula, num clima de respeito aos limites, conduzindo as regras de forma coerente, todos ganham. Professores aprendem com seus alunos a ser educadores, a humanizar-se. Alunos aprendem a ser alunos, assumindo papéis que irão se projetar para outros grupos sociais. Aprendem também e principalmente a ser pessoas, sujeitos da sua história. 
A autonomia e a auto-estima devem caminhar juntas no processo de aprender a ser. Os alunos que sentem-se seguros e amados, valorizados, sentem-se mais capazes, mais autoconfiantes e conseguem assumir formas de relacionar-se mais eficazes e harmônicas. 
Assim, cada um vai tecendo neste teia de relacionamentos, a própria forma de viver, de ver o mundo e a si mesmo, tornando-se cada vez mais, protagonistas da própria história.
Para assumir este pilar na sala de aula, cabe aos atores do processo educativo, trabalhar de forma metodológica, pensada, os meios de construção dos valores humanos, os simbolismos que estão embutidos nas atitudes de paz ou violência, nas sensações de fracasso ou sucesso, e nas estratégias para conquistar espaços e conhecimento.
Quando o Aprender a Ser é assumido no planejamento, todos ganham, porque os fatores previstos são assegurados, mas sobretudo, os fatores de avanço individual imprevistos são fomentados de forma inexorável. 
Basta ser Ser Humano para aprender a Ser. No entanto, na nossa sociedade de consumo, onde os seres são coisificados e as coisas personificadas, há uma confusão que desestrutura os sujeitos. Se os educadores passam a trabalhar a consciência, a percepção do outro e de si mesmo, a criticidade, e isto começa desde a Educação Infantil, os alunos conseguem paulatinamente assumir uma consciência crítica e libertadora que vai para além do Ser.

Aprender a Ser é aprender os ensinamentos humanistas que Paulo Freire já nos incitava: Aprender a Ser e Estar no Mundo.
Saudações!!



Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...