terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Plano de Aula

Caros amigos,

2010 se inicia com fortes datas e notícias que ecoam por toda a aldeia global. O momento de planejar vem envolvido nesta carga de responsabilidades, ansiedade, desejo de mudança e atendimento às metodologias vigentes. Para que esse trabalho não se transforme num fardo, vale atentar para algumas dicas:
1. Defina as fundametações metodológicas que irão direcionar a sua prática educativa. Faça anotações e, se necessário, pesquise artigos e textos de revistas, sites e livros. Converse com a coordenação sobre a metodologia aplicada, o projeto pedagógico e coloque-se na situação de professora aprendiz, sempre pronta para inovar e aprender com os profissionais mais experientes e os que já convivem com a rotina escolar;
2. Estabeleça critérios pessoais para o momento de planejar e discipline a si mesma, para manter esses crittérios:
2.1. Critério de Horário: Defina sempre o tempo que irá disponibilizar para esta tarefa, de maneira a  não sobrecarregar-se sem necessidade.
2.2. Critério de Prazo: O prazo é necessário em tudo. Lembre-se que do seu trabalho bem realizado depende o trabalho de outras pessoas, desde a auxiliar de classe até o pessoal de digitação, os demais colegas, coordenação, direção, alunos e pais. Portanto faça o planejamento sempre com antecedência, de maneira a entregá-lo, se possível antes do prazo. Assim, poderá revê-lo sem sentir-se pressionada, coolaborando com o sucesso de toda a equipe.
2.3. Critério de carga horária: Atente para o tempo de aplicação da aula e procure sempre pensar no número de atividades para além do tempo. Assim terá sempre uma atividade a mais que poderá ser utilizada caso haja necessidade. Assim não correrá o risco de ficar com tempo ocioso em sala de aula.
2.4. Critério de maturidade: Cuidado com o nível de maturidade da turma para a realização de determinadas tarefas e adeque sua linguagem à linguagem dos alunos, sem ser demasiadamente infantil. Assim encontrará o equilíbrio, fazendo-se compreendida e aceita, além de colaborar com o enriquecimento vocabular da sua classe;
3. Não viva no limite! Viver no limite é estar sempre na linha entre o que pode e o que não pode. Se diz estou no limite, já sabe: é sinal de cansaço, insatisfação, frustração. Quando diz que os alunos precisam de limites, significa dizer que eles podem estar no ponto da exaustão de comportamento, valores e aprendizagem. Portanto, procure buscar o equilíbrio mental e  emocional, dando vida ao seu planejamento, imaginando-o em prática, imaginando-se em sala. Reveja as suas prioridades sempre, planeje sempre a sua rotina pessoal e profissional, reencontre o seu norte sempre que sentir-se exausta e continue, sem perder o foco.
4. Planejar é um ato de amor, portanto eduque a sua mente para desfazer as frases de indignação, desânimo e insatisfação, focando nos seus objetivos enquanto educadora.
5. Se a escola permitir, esqueça os modelos extremamente burocráticos. Procure um modelo que lhe faça ganhar tempo para preparar o material de aula e estudar, pesquisar e trocar ideias. Veja modelos no link a seguir: http://educadoresdesucesso.blogspot.com/2007/09/planos-de-aula-educ-infantil.html
6. Para os professores de Ensino Fundamental II, sugiro o modelo na postagem acima.
7. Flexibilidade: É muito bonito e valioso um caderno de planejamento todo arrumado, com mensagens, figuras e bordados, mas cuidado: não resista às modificações só porque não quer modificar uma escrita tão bonita. Deixe um espaço para as modificações que poderão ocorrer. Assim, vc continuará com o seu caderno impecável sem esquecer a flexibilidade necessária a todo plano de aula.
8. Não tenha medo de errar. Arrisque, investigue, pesquise e ame muito tudo isso. O seu planejamento deve ser vivo, espelhando a alegria, o entusiasmo e a paixão presentes em sua sala de aula.
9. Cuidado com o planejamento de carbono. Para não repetir a mesma aula do ano anterior, com modelos e atividades iguais, jogue-os fora e recomece. Lembre-se de que foi da sua mente e de um momento específico que aquele planejamento emergiu. Agora é outro ano, você é outra pessoa, seus alunos são outros e o contexto histórico-social, nem se fala. Faça tudo novo sempre.
10. Não exite em buscar ajuda. Busque informações preliminares sobre os alunos, sem preconceito. E quando iniciar as aulas, assuma logo no primeiro momento, uma postura de amor a todos por igual, independente dos desafios que cada um irá representar. Se for difícil atender a alguma espectativa, se há uma dificuldade de aprendizagem sobre determinado conteúdo, busque ajuda e não esqueça de que se você é professora desta turma é porque vocês precisam uns dos outros, para trilhar numa estrada mais amorosa e significativa.



Agora, vamos lá! Comece a planejar e mergulhe nas delícias de educar!
Força, coragem e paz!

5 comentários:

Anônimo disse...

jar como voc~e disse é organizar e acima de tudo amar o aue faz pois só assim o trabalho terá sucesso.

Anônimo disse...

planejar é estar preparado para o inesperado.vc é dezzz,beijos.

Maze Oliver disse...

Gostei demais e estou levando para ler e comentar com meus professores no planejamento de fevereiro.Obrigada!Feliz Ano Novo!B js.

Noé Gomes disse...

Parabéns pelo excelente blog. Feliz 2013

Noé Gomes disse...

Parabéns pelo excelente blog. Feliz 2013

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...